Flash Preceitos

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Silas Malafaia no programa do Ratinho


O programa do Ratinho nunca foi referencia para nada. Disso o leitor já sabe. No entanto, me dá uma raiva danada quando a produção do programa pega esses pastores que mal sabem assinar o próprio nome, e os coloca para debater questões de economia, sociologia, política, direito ambiental e todas essas coisas que os caras nunca ouviram falar. Não estou com isso, desmerecendo os pastores que não tiveram oportunidade de estudar em uma boa escola, nem de fazer um curso teológico formal. Reconheço que muitos deles fizeram mais pelo evangelho do que eu farei em toda minha vida. Minha crítica é ao programa, que escolhe a dedo estes pastores para tripudiá-los.

Acontece que desta vez eles convidaram o renomado (pras negas dele, claro!) pastor e psicólogo Silas Malafaia para um debate sobre o PLC 122, projeto de lei que pretende criminalizar algumas ações consideradas homofóbicas. A maioria dos pastores concordam que os homossexuais são cidadãos e devem ter seus direitos preservados, bem como a integridade física garantida. O problema é que os religiosos (em sua maioria) se opõem ao casamento homossexual, e sentem temor de que, caso seja aprovada, a lei ocasione prejuízo à igreja.

Um terceiro grupo, no qual me enquadro, entende que não há diferença ontológica entre homossexuais e heterossexuais; ambos são iguais ante a nossa constituição. Pensam também que, embora a integridade física e os direitos dos homossexuais devam ser garantidos (e já o são, pois eles têm os mesmos direitos que qualquer cidadão), o projeto precisa ser polido em certos aspectos, para não interferir na igreja. Relembram ainda que o estado é Laico, e não ateu. Portanto, a igreja precisa legislar sobre espiritualidade com certa autonomia.

Esperamos que o Silas saiba manter a compostura durante o debate, pois tudo o que a igreja evangélica não precisa é de um bate boca cheio de ofensas envolvendo um pastor evangélico (ao menos ele crê que ainda é) em horário nobre. Que ele ataque as idéias, mas respeite o oponente, para que o evangelho não seja envergonhado e assim, aquilo que poderia ser um debate sério, nao se transforme em mais um motivo de chacota, como é típico acontecer no referido programa.

O debate deve ir ao ar amanhã, 24/02.


Nota:
Pra isso é nada mais que grande Por-K-riada. Baixaria da pior espécie.
Mas se você quiser assistir e dar umas risadas.



By: Daniel Timóteo.

0 comentários:

 
© 2011-2012 'Preceitos ®' Por T.A.M.G.