Flash Preceitos

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Sexualmente despreparados

Pesquisa feita pelo Ibope e comentada pela psicóloga especialista em análise comportamental, Mariuza Pregnolato, no site DNA Mulher, revela que a maioria dos jovens é ansiosa quando o assunto é sexo. “As tecnologias estimulam as atividades solitárias, o que dificulta o treinamento das sociais”, afirma. Ela diz ainda que por conta do computador e do videogame as relações se tornaram ainda mais superficiais. “A própria transa não tem muita entrega. Não se vê muitos relatos de encontros felizes”, diz. Segundo a especialista, o jovem que namora tem a oportunidade de compartilhar uma vida a dois, o que proporciona equilíbrio emocional e tranquilidade de se expressar sexualmente. O jovem casado, por sua vez, vive em conflito porque escolheu a estabilidade do casamento. Mas o mundo, a mídia e o ambiente em que ele vive, até mesmo o próprio trabalho, o chama para fora do casamento. Então, ele precisa constantemente administrar essas coisas. “Mas isso só acontece se ele não se casou com maturidade suficiente”, afirma a Mariuza. É importante saber, no entanto, que cada pessoa tem sua própria maneira de agir e pensar, apesar das pesquisas, e isso deve ser levado em consideração antes de qualquer dado que classifique as pessoas.

Nota: A moda do "ficar" tem originado uma geração de desajustados sexuais. Quando o namoro cumpre seu papel de conhecimento mútuo e preparação para o casamento (o que não significa que sempre terminará necessariamente em casamento), a tendência é a de formar relacionamentos felizes e estáveis.
[Michelsom Borges]

0 comentários:

 
© 2011-2012 'Preceitos ®' Por T.A.M.G.